Curso vai formar coordenadores de transplantes


 

     Realização da Secretaria da Saúde, através da Central de Notificação, Captação e Distribuição de Órgãos de Goiás, estão abertas as inscrições para o Curso de Formação de Coordenadores de Transplantes, que será realizado nos dias 16, 17 e 18 deste mês na Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Goiás (UFG), na Praça Universitária. O objetivo é formar coordenadores de transplantes com conhecimento básico do processo doação-transplante, que permitirá ao profissional atuar em todas as  etapas do processo.

     A iniciativa tem a parceria da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos, Hospital das Clínicas da UFG e Fundação Banco de Olhos de Goiás, com  organização a cargo do coordenador da Central de Transplantes, Claudemiro Quireze Júnior, e, ainda, de Telma Noleto Rosa, Heloísa Lagares Guimarães e Zima Masson. As inscrições para o curso são gratuitas.

     Para o coordenador da Central de Transplantes, discutir a questão da doação e transplante de órgãos é emergente, já que houve uma queda na quantidade dos procedimentos realizados em Goiás a partir de 2005. Nessa época, foram realizados 1.002 transplantes contra 323 feitos até agosto de 2008 . Claudemiro Quireze afirma que atualmente “vivemos uma situação crítica no que diz respeito a transplantes no Estado”. Para que o sistema funcione bem são necessários hospitais interessados, doadores e profissionais capacitados, explica.

O curso

     Gratuito, o curso é destinado a médicos, enfermeiros, assistentes sociais, psicólogos e outros profissionais interessados em trabalhar com transplantes. São oferecidas entre 60 e 70 vagas. Com carga horária de 24 horas/aula, o curso será desenvolvido por meio de palestras seguidas de debates, simulação de entrevistas e de logística de doação, avaliação e encerramento.

     Ao longo do período de duração serão tratados assuntos como identificação, avaliação e manutenção do potencial doador, religião e transplante, remoção de órgãos para transplante, situação do transplante no Brasil, aspectos legais, morte encefálica, remoção de córnea, transplante de rim e de pâncreas, de fígado e de coração.

     A programação contará com a presença do presidente do Conselho Consultivo da ABTO, Valter Duro Garcia, que traz no currículo uma larga experiência de atuação acadêmica e profissional. Graduado em medicina, o professor é especialista em residência médica e mestre em medicina (Nefrologia) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. O doutorado em Medicina (Nefrologia) foi feito na Universidade de São Paulo. Maiores informações pelo telefone (62) 3201-3811 e  na Central de Transplantes de Goiás: (62) 3201-8319 e 3201-8320

Fonte: http://www.noticiasdegoias.go.gov.br

Anúncios

Tags:


%d blogueiros gostam disto: