Governo Federal vai investir R$ 60 milhões para incentivar doação de órgãos no País

Novas medidas aos transplantes
 
 

Incentivos ao aumento no número de doações de órgãos no Brasil agora também contam com recursos do Governo Federal. Um conjunto de medidas para o Sistema Nacional de Transplantes foi lançado ontem, em Brasília, pelo ministro da Saúde, José Gomes Temporão. O pacote prioriza o aumento do número de doadores de órgãos e transparência da fila de espera por transplantes. O governo Federal vai investir mais R$ 60 milhões por ano do Orçamento e o preço pago por cada procedimento feitos no Sistema Único de Saúde (SUS) também será reajustado, inclusive nos exames necessários que adicionam o paciente  na fila de transplante.

O valor pago por transplantes de coração, por exemplo, terá o maior reajuste, de 40%. No caso da cirurgia envolvendo medula óssea, o aumento é de 30%. Na de pulmão, de 20% e na de fígado, pâncreas e rins, de 10%. Além do reajuste, haverá incentivo aos médicos para a captação de órgãos. Os profissionais que conseguirem obter doação de órgãos por meio de abordagem às famílias terão pagamento dobrado pela atitude.

As medidas prevêem ainda incentivo para transplantes dos chamados doadores expandidos, que são portadores de doenças como hepatites, AIDS e doença de chagas. Os pacientes que já possuem essas doenças poderão optar por receber órgãos de doadores portadores da mesma doença.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: